Home Esporte Vai começar! XV encerra preparação visando estreia no Paulistão A2 2021

Vai começar! XV encerra preparação visando estreia no Paulistão A2 2021

por Marcelo Sá

(Texto e foto: Evandro Pelligrinotti / XV de Piracicaba)

O elenco do XV de Piracicaba realizou na manhã deste sábado, 27, no Estádio Municipal Barão da Serra Negra, seu último treino antes da estreia no Paulistão A2 2021. Foram oito semanas de preparação visando a largada no torneio, que, para o Nhô Quim, será às 10h00 deste domingo, diante do Sertãozinho, no Estádio Municipal Frederico Dalmaso, em Sertãozinho. Lembrando que os jogos seguem sem a presença de público, por conta da pandemia de Covid-19.

Foram oito semanas de trabalhos desde a reapresentação, que marcou o início da pré-temporada. “Chegaremos sabendo que fizemos tudo o que poderia ser feito e preparados para encarar o Sertãozinho de uma maneira muito forte. Acredito que os jogadores aproveitaram cada atividade, cada jogo-treino, eles foram conhecendo a maneira de cada um se portar dentro de campo, de acordo com suas características”, falou o técnico quinzista Moisés Egert.

Nesse período, quatro testes foram feitos, sendo três em Piracicaba (1 a 2 com o Desportivo Brasil, 3 a 2 com a Inter de Limeira e 4 a 4 com o Capivariano) e um em Itu (3 a 2 com o Ituano). “Os jogos-treino serviram, principalmente, para direcionarmos a equipe nos aspectos físico, técnico, mental e, claro, sistema de jogo, encaixe de marcação, entre outros. Os atletas deram a resposta, nos deixando confiantes para iniciarmos a competição”, comentou o treinador.

O Alvinegro Piracicabano busca o acesso, após chegar nas semifinais nas três últimas edições. “Acredito que esse plantel que está aqui, olha para a frente, só olha para trás para ver tudo que tornou o XV forte. Chegar em fases finais, em campeonatos muito difíceis, sem um grande investimento, não é fácil”, comentou Egert, que volta a dirigir o XV em um Paulistão A2 após dez anos, quando ajudou na conquista do título e, consequentemente, na ascensão de divisão.

“O objetivo no momento que assumi era a permanência na Série A2. Crescemos durante a competição, nos fortalecemos, vimos que era possível o acesso e conseguimos. Todos nós estamos trabalhando forte para que essa história se repita. Vejo o torneio deste ano equilibrado, difícil e competitivo. Todos tiveram tempo para se preparem. Alguns contam com um investimento maior, mas creio que as partidas serão acirradas”, analisou o comandante.

 

 

0 Comentário(s)
1

Você pode gostar

Deixe um comentário