Home Esporte De virada, Bragantino bate a Ponte e mantém a liderança da Série B

De virada, Bragantino bate a Ponte e mantém a liderança da Série B

por Mauricio Camargo

Em jogo movimentado valendo a liderança da Série B do Campeonato Brasileiro, o Bragantino venceu a Ponte Preta de virada, no Nabi Abi Chedid. Com gols de Ytalo e Morato, o Massa Bruta virou na segunda etapa. Edson marcou o gol da Macaca no primeiro tempo.

Com o resultado, o Bragantino chega aos 23 pontos e se mantém em primeiro lugar na classificação. Já a ponte se estacionou nos 19 pontos, e agora e caiu para a quarta colocação. Isso porque o Paraná venceu, mais cedo, o Figueirense, e chegou aos 22, assumindo a vice-liderança, e o Botafogo-SP bateu o Atlético-GO, chegando aos 20.

O Bragantino volta a campo apenas no sábado, quando encara o Vila Nova, em Goiânia, às 19h. Também no sábado, mas às 16h30, a Ponte Preta tem mais um confronto fora de casa, desta vez contra o Vitória no Barradão.
O jogo – A etapa inicial foi toda da Macaca em Bragança Paulista. A equipe de Jorginho começou a partida assustando logo nos primeiros minutos, com boas chegadas do experiente centroavante Roger. Aos 18, o camisa 9 da Ponte até balançou as redes, mas a arbitragem marcou impedimento na jogada.

O Bragantino tentava responder, mas não tinha eficiência no ataque. Dessa forma, quem abriu o placar foi o time visitante. Aos 40, o volante Edson subiu de cabeça para desviar e colocar a Ponte Preta na frente.

Na volta para a etapa final, o Bragantino mudou a postura e foi buscar a virada. Mesmo com um jogador a menos, depois que Wesley agrediu Diego Renan e foi expulso, o Massa Bruta chegou ao gol de empate aos 11 minutos. Edimar cobrou falta rasteira, o goleiro Ivan fez bela defesa, mas na sobra Aderlan achou Ytalo dentro da pequena área, que só empurrou para as redes.

O jogo ficou lá e cá a partir de então, com o time da casa tendo as melhores chances. Morato tentou uma primeira vez aos 32, mas finalizou mal de cabeça e perdeu a chance. Na segunda oportunidade, entretanto, o atacante aproveitou o cruzamento de Edimar e mandou para o fundo do gol, virando a partida e dando a vitória para o Braga.

Ao final da partida, revoltados com as marcações da arbitragem nos últimos minutos, a torcida da Ponte Preta se exaltou nas reclamações. Cobrando um possível pênalti em cima de Roger no último lance do jogo, os torcedores pontepretanos protagonizaram um princípio de confusão, entrando em confronto com a Polícia Militar. Rapidamente, porém, a briga terminou e os ânimos se normalizaram.

FICHA TÉCNICA
BRAGANTINO 2 X 1 PONTE PRETA

Local: Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (PE)
Data: 23 de julho de 2019, terça-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Adriano Milczvski (PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Joao Fabio Machado Brischiliari (PR)
Cartões Amarelos: Uillian Correia, Claudinho e Morato (Bragantino); Henrique Trevisan, Bill e Roger (Ponte Preta)
Cartões Vermelhos: Wesley (Bragantino)
Gols: Diego Renan, aos 40 do 1ºT (Ponte Preta); Ytalo, aos 11 do 2ºT e Morato, aos 32 do 2ºT (Bragantino)

BRAGANTINO: Julio César; Aderlan, Rayne, Rayan e Edimar; Uillian Correia, Ryller (Pio) e Ytalo; Wesley, Claudinho e Thiago Ribeiro (Morato)
Técnico: Antonio Carlos Zago

PONTE PRETA: Ivan; Diego Renan, Renan Fonseca, Reginaldo (João Carlos) e Henrique Trevisan; Edson, Camilo, Tiago Real (Bill), Matheus Vargas e Marquinhos (Dadá); Roger
Técnico: Jorginho

0 Comentário(s)
1

Você pode gostar

Deixe um comentário