Home Esporte Com dois títulos em quatro disputados, Sub-20 do Corvo termina 2019 com saldo positivo.

Com dois títulos em quatro disputados, Sub-20 do Corvo termina 2019 com saldo positivo.

por Nilton Castelo

Na primeira parte da #RetroFlamengo2019, vamos falar da categoria Sub-20 do Corvo que terminou o ano de 2019 na segunda-feira passada, dia 18, em sua participação nos Jogos Abertos do Interior 2019, na cidade de Marília. Comandado pelo técnico Raphael Laruccia, o time guarulhense apostou suas fichas em atletas mais novos na categoria justamente para trabalhar o elenco que disputará a Copinha 2020 – nascidos em 2000, 2001 e 2002, nenhum atleta nascido em 1999 (último ano de Sub-20), sendo assim o Sub-20 do Corvo obteve os seguintes resultados em quatro torneios disputados no ano:

Copa Ouro: CAMPEÃO
Jogos Regionais: CAMPEÃO (invicto)
Campeonato Paulista: Oitavas de final
Jogos Abertos: 3º colocado (medalha de bronze)

A equipe disputou 30 jogos oficiais e teve um aproveitamento de 73,33% dos pontos disputados, sendo 20 vitórias, 6 empates e 4 derrotas, 74 gols marcados e 26 gols sofridos. Confira a lista da artilharia rubro-negra no ano:

10 gols: Klinsmann
9 gols: Vitinho
8 gols: Allan e Luquinhas
7 gols: Rwan
4 gols: Felipe e Bruno Vilela
3 gols: Héctor, Jurado e Arco
2 gols: Renzo, Gabriel Góes e Thierry
1 gol: Rabello, Ellian, Marcão, Pizon, Daniel, Rafael Góes, Fernando, Arthur e Christian.

(*) Se formos contar a Copa São Paulo de Juniores, em janeiro/2019: Daniel Mendes (3 gols), Vinícius Faria e Irving (1 gol).

Prêmios individuais: Na Copa Ouro disputada no primeiro semestre do ano, nossos Crias tiveram dois prêmios individuais além do título. O atacante Vitinho levou o prêmio de ARTILHEIRO DA COMPETIÇÃO (5 gols) e o zagueiro Renzo levou o prêmio de MELHOR JOGADOR DA COMPETIÇÃO.

Já nos Jogos Regionais, o meio-campo Allan levou o prêmio de ARTILHEIRO DA COMPETIÇÃO (6 gols) e o goleiro Diogo levou o prêmio de GOLEIRO MENOS VAZADO (1 gol sofrido em 7 jogos).

O técnico Raphael Laruccia fez um balanço da participação da categoria no ano, confira o que disse o comandante rubro-negro: “Penso que fechamos 2019 com um saldo positivo, onde foram disputadas 4 competições: sendo Campeões em duas delas, uma 3ª colocação e uma Oitavas de Finais. Podemos dizer que possuímos uma identidade bem clara, ou seja, uma ideia de jogo bem definida. Claro que ajustes sempre são necessários, e é justamente em cima desses ajustes que focaremos o nosso trabalho a partir de agora. Temos pela frente a competição mais importante da temporada que é a Copa São Paulo, e o momento agora é de definição do elenco para essa competição, contamos hoje com um elenco de 34 atletas, e teremos que fechar um grupo com 25 atletas para a Copinha. Os próximos dias servirão para essas definições também. Tenho certeza que faremos uma grande Copa São Paulo, contando sempre com o apoio da nossa torcida, que sem dúvida alguma faz toda diferença quando lota o Ninho do Corvo e empurra nossos meninos em busca das vitórias”.

A comissão técnica do Flamengo nesse ano sob a batuta do diretor da categoria, Sr. Caio Soler e do presidente do clube, Sr. Edson David Filho, teve os seguintes nomes: Raphael Laruccia (técnico), Everton Moreno (auxiliar técnico), Marcelo Froeder, Bruna Carrano e Rogério Arcanjo (prepadores físico), Iago Rocha (preparador de goleiro), Inácio Lopes (massagista) e José Roberto – Mota (coordenador técnico).

A equipe se prepara agora para a disputa da Copa São Paulo de Juniores, em janeiro, nossos guerreiros das oito listras mandaram seus jogos em casa, no estádio Ninho do Corvo, em Guarulhos, a partir do dia 3 de janeiro.

NO PRÓXIMO EPISÓDIO: O ano do profissional rubro-negro, que bateu na trave no acesso para a Série A3.


Matéria e dados: Cláudio Herrera/Flamengo Guarulhos
Foto: Cláudio Herrera/Flamengo Guarulhos

0 Comentário(s)
3

Você pode gostar

Deixe um comentário