Home Esporte Remanescente do elenco do Santos de 2011, Vladimir quer conquistar a Libertadores pela segunda vez:

Remanescente do elenco do Santos de 2011, Vladimir quer conquistar a Libertadores pela segunda vez:

por Nilton Castelo

Goleiro pode se tornar o atleta com mais títulos pelo Alvinegro após a Era Pelé

O Santos enfrenta o Palmeiras no próximo sábado, no Maracanã, no confronto único da decisão da Copa Libertadores. E dois atletas do Alvinegro terão a oportunidade de levantar a taça pela segunda vez com a camisa alvinegra. Um deles é o goleiro Vladimir, que ao lado do lateral Pará, integrava a lista de inscritos pelo clube na vitoriosa campanha de 2011.

“Disputar uma Libertadores é o sonho de todo atleta sul-americano. Ser campeão é uma possibilidade para poucos. E conquistar a taça duas vezes pelo mesmo clube seria maravilhoso. Desde que garantimos a vaga na decisão, não há um único dia em que não pense nessa possibilidade”, declarou o camisa 1 do Peixe.

Vladimir comentou também sobre a preparação para o clássico mais importante da história do futebol paulista. “Estamos cientes que o Palmeiras será um adversário muito difícil. Mas nosso grupo é muito trabalhador e focado, como poucas vezes vi em minha carreira. O trabalho do Cuca e sua comissão técnica está sendo espetacular e vamos chegar à decisão muito bem preparados”.

MAIOR CAMPEÃO APÓS A ERA PELÉ

Caso o Santos seja campeão no sábado, Vladimir passara ser o jogador com o maior número de títulos conquistados após a chamada Era Pelé, encerrada em 1974. Até o momento, o goleiro divide o primeiro lugar com o ex-lateral Léo, com oito taças conquistadas pelo Alvinegro.

“O pensamento é sempre a conquista coletiva. Ninguém ganha nada sozinho no futebol. Mas confesso que ser o atleta com mais títulos nos últimos 47, ainda mais por um clube com a história do Santos, seria motivo de grande orgulho. Mas ainda temos uma decisão muito complicada pela frente e estamos concentrados para o jogo de sábado”, concluiu o atleta, que possui em seu currículo, além da Libertadores de 2011, a Copa do Brasil de 2010, a Recopa Sul-Americana de 2012 e mais cinco troféus do Campeonato Paulista (2010, 2011, 2012, 2015 e 2016).



Créditos: Tática Assessoria

0 Comentário(s)
0

Você pode gostar

Deixe um comentário