Home Falando com Deus PERDOAR

PERDOAR

por Sônia Alves
Perdoar é o ato fundamental da fé cristã, pois, através do perdão, entramos na vida eterna que Jesus nos promete. Deus nos perdoou mediante a obra feita na cruz pelo Seu Filho. 1. QUEBRANDO CADEIAS E GRILHÕES O perdão é a ferramenta que precisamos para quebrarmos cadeias e grilhões, e nos libertar das amarras que nos prende ao passado. Estas prisões, por vezes não percebidas, é que nos impede de vivermos um presente feliz e ajustado com Deus. Através do amor geramos o perdão, e só através do perdão podemos alcançar a cura das feridas do passado. Amor e perdão são duas palavras que andam lado a lado, e estão envolvidas com a misericórdia. “Deus é amor” (1Jo 4.8). Esta é a mais bela definição que a Bíblia apresenta sobre o caráter de Deus. Se não fosse o Seu amor e a Sua misericórdia, jamais seriamos perdoados e, como conseqüência, estaríamos perdidos. A maior prova do amor de Deus para conosco, foi perdoar todos os nossos pecados através do sacrifício de Jesus na cruz. 2. DEUS NOS CAPACITA A AMAR E PERDOAR A dificuldade do homem de amar e perdoar o próximo, o leva a precisar de Deus que é a fonte do amor e da misericórdia. Quem não perdoa tem o coração abafado pelo rancor e ressentimentos, e fechado à ação do Espírito Santo. Não merecemos o perdão de Deus, mas experimentamos do seu amor, bondade e misericórdia, quando mostramos a Ele um coração arrependido e aberto para perdoar aquele que nos ofendeu. Perdoar é um atributo de Deus. Quando decidimos não perdoar, anulamos o relacionamento e a comunhão com nosso irmão, e ficamos longe de Deus. Longe de Deus não existe a verdadeira alegria. Alguém já disse que, na vida cristã, “o amor é mais forte que a morte?. De fato, não perdoar é pecado e evidencia ausência de amor. Sem amor não há perdão. O perdão cura e vivifica.  Perdoar significa deixar de considerar o outro com desprezo ou ressentimento. É ter compaixão, deixando de lado toda a ideia de vingar-se daquilo que foi feito, ou pelas conseqüências que sofremos. Perdoar é essencial ao nosso bem estar interior, e se torna um testemunho eficaz de que somos filhos de Deus, semelhantes a Ele e parecidos com Cristo. A base para o ato de perdoar está no completo e genuíno perdão que recebemos do Pai. Da mesma maneira que Ele nos perdoou, nós também devemos perdoar. “Antes sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo” (Efésios 4:32).
0 Comentário(s)
2

Você pode gostar

Deixe um comentário