Home Esporte Nacional perde chance de entrar no G8 e se complica na competição:

Nacional perde chance de entrar no G8 e se complica na competição:

por Nilton Castelo

O Nacional foi superado pelo Taubaté por 3 a 1, na manhã deste domingo (17/03), em partida válida pela 12ª rodada do Campeonato Paulista da Série A2, realizada no Estádio Joaquim de Morais Filho, em Taubaté.

A equipe da Barra Funda chegou abrir o placar aos 09 minutos, de pênalti, convertido pelo meia Danilo Negueba. No entanto, os donos da casa viraram o jogo com três gols do atacante Caio Mancha.

Com a derrota, o Naça mantém 12 pontos e ocupa a 13ª colocação na tabela, distanciando-se da zona de classificação à próxima fase, ficando assim numa situação delicada na competição.

O Jogo

Em um confronto direto por uma vaga no G8, o Nacional, logo no início de jogo, começou assustar os mandantes. Aos 09 minutos, após cabeçada de Michael Tuíque, o arbitro viu a bola bater na mão do atleta do Taubaté e assinalou pênalti, que foi convertido por Danilo Negueba.

Mas, o Naça nem teve tempo de comemorar porque, apenas um minuto mais tarde, em cruzamento pela esquerda, o atacante Caio Mancha subiu mais que a zaga nacionalina e colocou a bola no fundo das redes, empatando a partida.
Os dois times tentavam investir no ataque, mas as condições do campo, por causa das chuvas, também dificultavam as jogadas, porém os mandantes foram mais eficientes e aos 19 minutos, Caio Mancha novamente anotou para o Burro da Central.

Antes da etapa complementar, Negueba ainda arriscou uma bomba por cima do gol adversário.

Na volta do intervalo, Jorginho substituiu Sabino por Léo Rocha, que aos 18 minutos, chutou forte, mas a bola bateu do lado de fora da rede.

Minutos mais tarde, o atacante Thiago Elias, que entrou no lugar de Léo Cunha, ainda arriscou um arremate de longe, mas a bola passou por cima do gol taubateano.

As duas equipes seguiam criando oportunidades. O Nacional explorava as bolas aéreas, mas sem poder de definição. O meia Emerson Mi chegou a marcar, porém o arbitrou assinalou impedimento. Foi então que, aos 41 minutos, em novo cruzamento na área nacionalina, o atacante Caio Mancha apontou o terceiro dele.

Nos minutos finais, o Nacional ainda teve um chute forte na cobrança de falta de Léo Rocha, que obrigou o arqueiro rival colocar a bola para fora. Em seguida, na cobrança de escanteio, Negueba desperdiçou a chance em um chute rasteiro.

Não houve tempo para mais nada e o Taubaté decretou o placar em 3 a 1, garantindo a entrada no G8.

De acordo com Jorginho, o Naça começou bem no jogo, mas pecou nas finalizações. “Aos poucos fomos tomando a rédea do jogo, fizemos o gol e, infelizmente num erro de marcação sofremos o empate. Tivemos uma desestabilizada momentânea, quando tomamos o segundo gol logo em seguida, e ficamos inseguros. Fizemos algumas alterações, conseguimos encurralar o time do Taubaté, tivemos movimentação, mas nosso gol foi anulado e deixamos a desejar em outras finalizações. O Taubaté foi mais eficiente e por isso perdemos a partida, mas acho que estamos no páreo ainda e tenho certeza de que vamos fazer um ótimo jogo diante da Inter de Limeira”, esclareceu o treinador.

O Nacional volta a campo na próxima quarta-feira (20/03), para enfrentar a Inter de Limeira, às 15h00, no Estádio Nicolau Alayon.

Ficha Técnica:
Taubaté 3 x 1 Nacional
Local: Estádio Joaquim de Morais Filho (Taubaté)
Data: 17/03/2019
Horário: 10h00
12ª Rodada da fase de classificação do Campeonato Paulista da Série A-2
Público: 640 pagantes
Renda: R$ 8.277,00
Árbitro: Alessandro Darcie
Árbitros Assistentes: Rafael Tadeu Alves de Souza e Luís Felipe Prado Silva
Cartões amarelos: Claudinho, Juninho e Rafael Roballo (Taubaté)
Gols: Caio Mancha (10 min/1° T, 19 min/1° T e 41 min/2° T) – Taubaté;
Danilo Negueba (pênalti – 09 min/1° T) – Nacional
Taubaté: Rafael Roballo; Jean, Cesinha, Henrique e Danilo Tarracha; Moradei, Elivelton (Ricardinho), Erik (Márcio Passos) e Claudinho (Hyago); Juninho e Caio Mancha
Técnico: Paulinho MacLaren
Nacional: Maurício; Léo Cunha (Thiago Elias), Jeferson, Everton Dias e Bruno Sabino (Léo Rocha); Caio Mendes, Danilo Negueba, Everton Tchê e Emerson Mi; Michael Tuíque (Matheus Ortigoza) e Matheus Lú
Técnico: Jorginho


 Fotos: Ale Vianna/Divulgação Nacional A.C

0 Comentário(s)
3

Você pode gostar

Deixe um comentário