Home Esporte Mirassol x Guarani – Troféu do Interior é o prêmio de consolação?

Mirassol x Guarani – Troféu do Interior é o prêmio de consolação?

por Nilton Castelo
Mirassol, SP, 24 (AFI) – Depois de fecharem a primeira fase do Campeonato Paulista sem conseguirem se classificar para as quartas de final, Mirassol e Guarani voltam as atenções para a disputa do Troféu do Interior e fecham a rodada de ida da primeira fase eliminatória nessa segunda-feira, às 17 horas, no Estádio Municipal de Mirassol.
O jogo de volta será na quinta-feira, dia 28 de março, no Brinco de Ouro, casa do Guarani, em Campinas. Além dos dois, há ainda mais dois confrontos: Oeste x Botafogo e Ponte Preta x Bragantino.
Na próxima fase, os três classificados se juntam ao melhor time do interior eliminado das quartas de final do Paulista para formarem as semifinais.
NOVO TREINADOR
O Guarani anunciou Vinícius Eutrópio como novo treinador em substituição à Osmar Loss, demitido no final da fase de grupos. No entanto, ainda não vai contar com o técnico nessa partida. A tendência é que ele estreie no jogo de volta, em Campinas.
Eutrópio estará em Mirassol para acompanhar a partida, mas é o auxiliar Marco Antônio quem comanda a equipe à beira do gramado e não deve fazer muitas alterações em relação ao time que vinha entrando em campo no Paulistão.
As principais dúvidas são o zagueiro Ferreira e o atacante Anselmo Ramon, que já foram desfalques na última partida. Caso não tenham condições de jogo novamente, Thalisson e Fernando Viana devem ser os substitutos.
QUATRO BAIXAS
O Mirassol tem quatro desfalques para essa partida, além do técnico Moisés Egert, que deixou o time após a primeira fase. A equipe será comandada pelo auxiliar Luciano Deitos e não conta com o lateral-direito Daniel Borges e o volante Yuri, que também não fazem mais parte do elenco, além do zagueiro Riccieli e o lateral-esquerdo Alex Ruan, suspensos.
Na zaga, William Alves, Sandoval e Guilherme Teixeira brigam por uma vaga, enquanto Mailton e Carlos Renato devem assumir as laterais. No meio de campo, o treinador deve escalar Léo Baiano e Wellington Simião como volantes, mas tem uma dúvida na armação, com Felipe Augusto e Lelê como possíveis candidatos a saírem
0 Comentário(s)
1

Você pode gostar

Deixe um comentário