Home EsporteFutebol do Interior Inter de Limeira faz coletiva para marcar o comando da nova diretoria, e apresentar projetos de 2019

Inter de Limeira faz coletiva para marcar o comando da nova diretoria, e apresentar projetos de 2019

por Igor Sedano

Nesta quarta (21) aconteceu nas dependências do Shopping Nações a primeira entrevista coletiva da nova gestão da Internacional. Contando ainda com apresentação de alguns jogadores e também do projeto para 2019.

A coletiva iniciou com a apresentação do corpo diretivo, comissão técnica, jogadores e também parceiros para a temporada de 2019, contando com uma surpresa preparada para a torcida leonina com a apresentação do novo jogador França ex-Palmeiras.

20181121_170808.jpg

O Presidente eleito Celso Potechi abriu à coletiva, agradecendo a participação de todos e expondo os desafios para a temporada que está para começar. Informou também o primeiro patrocinador da Internacional, o Shopping Nações, onde a Inter mantém um memorial. Potechi ainda enfatizou que logo mais terão novidades que serão frutos da parceria com Luciana, proprietária do Shopping, qual também se fez presente na coletiva.

Explicou também a dificuldade financeira que passa não só a Internacional, mas também todo futebol do interior, e mesmo assim não deixará de trabalhar duro juntamente com sua equipe administrativa para manter o time na Série A2 de 2019. E que outros patrocinadores também chegarão à Internacional, onde já ocorrem conversas avançadas, mas devido ao longo feriado, essas conversas tiveram que ser paralisadas.

O mandatário ainda disse que deu liberdade ao técnico João Vallim e também ao novo Gerente de Futebol, Anderson, para que montem uma boa equipe dentro das quatro linhas, pois, a sua equipe fora do gramado está excelente.

O Técnico João Vallim também conversou com a imprensa, onde afirmou a dificuldade financeira da Inter, mas que está confiante com o novo mandatário do Leão, disse ainda que está contente com os atletas que estão chegando e que poderá chegar pelo menos mais 10 novos jogadores para completar o elenco de 2019.

Perguntei ao técnico João Vallim, sobre sua 3ª temporada à frente da Internacional, se ele pediu para a nova diretoria à renovação de alguns jogadores ou deixou a cargo dos dirigentes:

João Vallim: Juntamente com a diretoria estamos trabalhando, fazendo a montagem da equipe. A maioria já foi contratada, temos ainda mais uns 10 atletas para chegar. Vamos trazer atletas de nível para disputar a Séria A2, montando uma boa equipe.

20181121_164322(0).jpg

Questionei também ao presidente da Inter, qual foi o diferencial para voltar do Estados Unidos para pleitear o cargo de presidente do clube?

Celso: O principal motivo é a paixão que tenho pela Inter e também a paixão por desafios. E a experiência que tive como superintendente me deu mais tranquilidade e segurança para trabalhar. Hoje temos uma comissão técnica contratada por mim, a dois ou três anos atrás, os quais eu confio muito. Tenho a diretoria que conheço muito bem ao meu lado. E isso somado com a credibilidade que possuo frente à sociedade limeirense, acredito que vamos ter parceiros e assim teremos mais facilidade do que tivemos a três anos atrás.

Ao goleiro da Internacional, Rafael Pin, que esta voltando de lesão e teve seu contrato renovado, perguntei sobre a confiança do atleta após uma cirurgia complicada de ligamento do joelho que fez afastar dos gramados por seis meses:

Pin: Foram momentos difíceis, só eu sei o que passei nesse tempo. Mas com ajuda dos meus familiares, do Drº Julio Cesar, Thiago (fisioterapeuta) e também do Braguinha, estou 100% e pronto para retomar a confiança.

Perguntei também como fica a cabeça do técnico João Vallim, que após sua lesão, foi substituído pelo grande goleiro Moisés que fez uma ótima temporada:

Pin: A dor de cabeça é boa para o João, porque somos dois goleiros com potencial.

O novo gerente de futebol, Anderson, também respondeu, quando o questionei sobre a dificuldade financeira do Brasil para montar uma boa equipe:

Anderson: Tenho algumas experiências no futebol do interior de São Paulo, mas a grandeza da Internacional deixa um pouco mais fácil para lidar com as dificuldades. Vários bons jogadores gostariam de vestir a camisa da Inter de Limeira e isso deixa um pouco mais fácil para trabalhar. Claro, a dificuldade financeira de todo o Brasil acaba atrapalhando bastante. Mas mesmo assim é possível formar uma boa equipe, como estão vendo bons atletas chegando. Não foi possível renovar com alguns jogadores por conta da dificuldade financeira, mas acredito que as peças que estão chegando serão iguais ou melhores que os que já estão aqui.

Apresentado também o jovem Davi, de 23 anos, que iniciou sua carreira no futebol na base do Fluminense, passando também pela Seleção Brasileira Sub-15, o atleta frisou a importância para sua carreira em vestir a camisa da Internacional que é um gigante do futebol paulista e do trabalho que vai ser difícil, mas não impossível para o acesso, que é o lugar em que a Inter tem que estar.

Confira na próxima edição mais novidades e também tudo sobre a chegada dos novos reforços da Internacional, França, que teve passagens por Palmeiras, Figueirense, Hannover 96 (ALE), sua última equipe foi o Boa Esporte onde disputou o Brasileirão Série B. E também Nata, que é natural de Limeira, e que teve a oportunidade de retornar à equipe, após receber o convite e rescindir com a Juventus da Mooca.

A Internacional faz sua estréia no Campeonato Paulista Série A2-2019 contra o XV de Piracicaba, no Limeirão, dia 20/01, com horário a definir.

LEIA MAIS: Inter de Limeira apresenta dois reforços

0 Comentário(s)
0

Você pode gostar

Deixe um comentário