Home Esporte Embalado, Guarani vira a chave e pensa na Copa do Brasil

Embalado, Guarani vira a chave e pensa na Copa do Brasil

por Mauricio Camargo
Depois de derrotar o Botafogo por 2 a 0 no domingo e conseguir a terceira vitória no Campeonato Paulista, o Guarani rapidamente ‘virou a chave’ para o outro grande objetivo do time nesse início de temporada. As atenções agora estão voltadas totalmente para a estreia na Copa do Brasil, amanhã, às 20h30, contra o Avenida, em Santa Cruz do Sul. Ontem mesmo a delegação bugrina chegou em Porto Alegre, onde faz hoje o último treinamento antes de seguir para o local da partida, distante 150 km da capital gaúcha.
O técnico Osmar Loss relacionou 19 jogadores para o confronto, mas terá algumas baixas. Além do lateral-direito Lenon, dos meias Carlinhos e Felipe Amorim, e do atacante Anselmo Ramon, todos no departamento médico, também desfalcam a equipe o zagueiro Victor Ramos e o meia Rondinelly, que foram preservados e ficam em Campinas.
Na primeira fase, o classificado se define em partida única na casa do time de pior ranking, mas o Guarani pode até empatar que garante a vaga. Essa ‘vantagem’, porém, não agrada tanto o treinador bugrino. “Eu já falava isso quando estava no Corinthians. Acho que esse regulamento não ficou bom para o visitante, por mais que tenha a possibilidade do empate”, disse. “Tem a viagem e logística ruim para decidir em 90 minutos num gramado que nunca pisamos, estádio em que os jogadores nunca estiveram. Acho um pouco injusto”, acrescentou.
Do lado do Avenida, a partida de amanhã é encarada com bastante importância, afinal trata-se da primeira participação do clube na Copa do Brasil, bem como pelas generosas cifras que o torneio oferece. Até por conta disso, o técnico Fabiano Daitx preservou alguns titulares no jogo de domingo contra o Grêmio e o time foi goleado por 6 a 0 em jogo do Campeonato Gaúcho.
O goleiro Giovanni, que se destacou contra o Botafogo ao defender um pênalti quando o placar ainda estava em branco, não acredita que o adversário vá entrar em campo menos confiante após um placar como esse. “Acho que depende do foco. Se o foco deles é maior na Copa do Brasil, não interfere. Agora muda totalmente a competição, característica de jogo. Creio que será uma partida difícil, por se tratar de um campo pequeno, totalmente fora do padrão que a gente está acostumado”, projeta. “Tenho certeza que vamos encontrar certas dificuldades, mas acreditando no nosso trabalho temos tudo para conseguir a classificação”, disse o goleiro bugrino.
0 Comentário(s)
1

Você pode gostar

Deixe um comentário