Home Falando com Deus É PRECISO MORRER PARA VIVER;

É PRECISO MORRER PARA VIVER;

por Sônia Alves
Como uma semente que, para crescer e se tornar uma árvore frondosa e com muitos frutos, é preciso que ela morra, assim é você, sou eu. E te digo que é preciso mortificar a carne todos os dias na cruz de Cristo. Sim, meu querido (a), se quiser viver é preciso morrer, passar pela cruz.
Todos temos que passar pela cruz, se quisermos ter vida plena com Deus. Jesus nos deixou o exemplo. Ele passou pela cruz e disse: Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-me-( Mateus 16,24).
Ele, no Getsêmane, disse aos discípulos: Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca. Mateus 26,41. Imagina, se Jesus sentiu isso, quanto mais nós? O que aconteceria se eu te dissesse que todo desejo da sua carne cabe a você dominar? (Gênesis 4,7): “o seu desejo será contra ti, mas a ti cumpre dominá-lo”. Sim, é tarefa sua controlar seus desejos carnais, cravando sua carne na cruz todos os dias para que seu espírito seja vivificado em Cristo Jesus.
Torna-se mais suportável quando tomamos nossa cruz, aceitamos o sacrifício de Cristo e vivemos no seu Espírito, ressuscitando com Ele. Todos nós temos desejos carnais, independente da posição social, raça, fé, beleza, riqueza, todos temos. Uns mais, outros menos, mas temos. Esses desejos vão diminuindo á medida que vamos buscando o Espírito de Deus e sua cura. Pode ser que eles desapareçam por completo ou pode ser que Deus permita que você ainda o tenha para te tratar em outras áreas (orgulho, soberba). Fuja de pregadores que dizem: Se você aceitar Jesus, Ele vai mudar sua vida e você , em vez de trabalhador, passará a ser patrão, dono do seu próprio negócio. Vixe, daqui uns dias não  teremos mais trabalhadores, só patrões!
Meu Jesus, quanta hipocrisia com evangelhos que pregam Jesus como o pão da vida é fácil. Que passam geléia nesse pão, entrega às pessoas, elas lambem a geléia e jogam o pão fora. E ainda usam termos bíblicos para justificar sua avareza e soberba, quando dizem: tudo posso naquele que me fortalece.
Paulo, no livro de Filipenses 4,13, quando disse isso, ele estava se referindo ao seu sofrimento por carregar a cruz de Cristo, sua fraqueza e total dependência de Deus e a alegria de suportar sua cruz por amor a Cristo. Se fosse hoje ele diria: Posso comer miojo com sardinha, como posso comer caviar com ricota e ser feliz da mesma forma. Posso dormir num berço esplendido, como posso dormir sob relva fria, pois em tudo dou graças ao meu bom Deus que me resgatou do império das trevas e me trouxe para o reino do Filho do Seu Amor (Colossenses 1,13).
Meu querido(a)  amigo  (a) não se iluda, não há evangelho fácil, não há vida fácil com Cristo. O que torna suportável é o seu Espírito, quando Ele disse: No mundo tereis aflição, mas tende bom ânimo (João 16,33). Graças a Deus que nos deixou o bom ânimo do seu Espírito Santo. Esta é a diferença! Vc pode passar a vida com muitas lutas e sofrimentos com o ânimo de Deus que troca seu fardo (não o retira, mas troca por um fardo leve e suave ( Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo e leve Mateus 11,30) ou pode passar a vida com muitos sofrimentos e, ainda por cima, sem ânimo pra tudo, carregando um fardo pesado a caminho do sofrimento eterno. A cruz é a diferença. Passe por ela com Cristo Jesus, morra com Ele e deixe que Ele o ressuscite, tornando-o nova criatura e tudo se tornará novo pra você e pra todos os seus queridos, fazendo a diferença em todo lugar.

 

Créditos: Sônia Alves
0 Comentário(s)
0

Você pode gostar

Deixe um comentário