Home Esporte Com planejamentos distintos, Rio Claro FC e Velo Clube se preparam para a Copa Paulista

Com planejamentos distintos, Rio Claro FC e Velo Clube se preparam para a Copa Paulista

por Léo Mendes

 

 

Rio Claro FC e Velo Clube estão há 17 dias de se enfrentarem no “derby” que marca a estreia das duas equipes na edição 2019 da Copa Paulista, e o planejamento de ambos para a competição segue caminhos opostos. Enquanto o Rubro Verde manteve praticamente todo o elenco que fez campanha histórica na primeira fase da Série A3, onde terminou invicto e na liderança com 6 pontos de vantagem para o segundo colocado, o Galo Azul preferiu manter alguns nomes apenas do elenco que participou da Série A2 e aposta na chegada de novos nomes. Confira, a seguir, a situação de preparação de ambos para a Copa Paulista.

RIO CLARO FC

Roger Bernardo permanece no Azulão para a Copa Paulista. Imagem: Divulgação/Rio Claro FC

O Rio Claro, que terminou em 3º na primeira fase da A2 e foi eliminado nos pênaltis pelo Santo André nas quartas-de-final, resolveu mudar grande parte do seu elenco. Da equipe que jogou o Campeonato Paulista, destaque para a permanência de dois titulares que agradaram a torcida na competição: o experiente volante Roger Bernardo e o meia Vitor Braga. Dos novos reforços, destaque para a chegada do goleiro Thiago Passos, que estava no São Bernardo FC, e do lateral esquerdo Boré, que vem da Portuguesa Santista. O elenco ainda não está completo e deverá ganhar entre seis e sete contratações ainda esta semana, além da incorporação de diversos atletas da base.

Outra grande mudança está no banco de reservas, onde Adílson Teodoro, treinador da equipe na A2, foi promovido a coordenador técnico. Quem chega para comandar a equipe na Copa Paulista é Edson Vieira, de 53 anos, cujo último trabalho foi pelo Comercial, na Série A3.

A preparação do Galo Azul começou tardia, de certa forma, após a eleição presidencial que renovou o mandato de Luiz Balbo, a frente do clube desde janeiro de 2012. Nos bastidores, o presidente rioclarista planeja criar uma empresa S/A para gerir o futebol do clube.

QUEM FICOU: Vinícius Nigre (goleiro); Roger Bernardo (volante); Netinho (volante); Vitor Braga (meia); Rodrigo (meia/atacante); Gustavo Sapeka (atacante).

QUEM CHEGOU: Edson Vieira (técnico); Thiago Passos (goleiro – veio do São Bernardo FC); Boré (lateral esquerdo – veio da Portuguesa Santista); Klauber (meia – veio do Bragantino); Vinícius (atacante – veio do Bragantino).

QUEM SAIU: Adílson Teodoro (técnico – continua no clube como coordenador); Murilo Prates (goleiro); Toninho (lateral-direito); Salustiano (zagueiro); Diego Augusto (zagueiro); Fernando (zagueiro); Jussandro (lateral esquerdo); Dener (lateral esquerdo); Bruno Formigoni (volante); Franco (volante/meia); Elton (atacante); Lucas Santos (atacante); Nathan (atacante); Edson Reis (atacante); Cassiano Bodini (atacante).

 

VELO CLUBE

Fernando Souza tem a missão de comandar o remanescente elenco do Velo Clube. Imagem: Gustavo Muniz.

O Galo Vermelho sofreu um duro golpe na Série A3 deste ano. Após uma campanha praticamente perfeita na primeira fase, onde terminou na liderança de forma invicta e com um dos melhores aproveitamentos da história do futebol paulista, a equipe sucumbiu diante do Audax nas quartas-de-final com uma derrota em casa construída nos minutos finais de jogo.

Para superar o “desastre”, a diretoria velista resolveu apostar alto na Copa Paulista e, para isso, manteve grande parte do elenco que conquistou números globais expressivos de desempenho na A3, entre eles, oito dos 11 titulares, além de trazer reforços pontuais, como o polivalente Lucas Cezane, capitão do acesso do Monte Azul na Série A3.

A principal mudança foi na comissão técnica, onde Karmino Colombini não renovou contrato, sendo substituído por Fernando Souza, que dirigiu o Primavera na última Série A3. Será a segunda experiência de Fernando como treinador em equipes principais, e a primeira fora do Primavera, onde por muito tempo também comandou a base.

QUEM FICOU: Felipe Rocha (goleiro); Gustavo Henrique (lateral e meia); Léo Turbo (zagueiro e lateral direito); Janílson (lateral esquerdo); Eurico (volante); Niander (volante e meia); Anderson Brito (meia); Hernandes (meia); Gustavo Laguna (meia/atacante); Chuck (atacante); Pedro Henrique (atacante); Luís Gustavo (atacante).

QUEM CHEGOU: Fernando Souza (técnico – veio do Primavera) Felipe Garça (goleiro – veio do Primavera); Felipe Codo (zagueiro – veio do Primavera); Lucas Cezane (zagueiro/volante – veio do Monte Azul).

QUEM SAIU: Jean (goleiro); João Paulo (goleiro); Alexandre Carvalho (zagueiro); Diogo (zagueiro); Maycom (zagueiro); Maranhão (volante); Alisson Costa (meia); Vinícius Santos (meia); Luiz Henrique (meia/atacante); Éder Paulista (atacante).

0 Comentário(s)
3

Você pode gostar

Deixe um comentário