Home EsporteBasquete Com atuação magnífica de Curry, Warriors reage, vence Portland de novo e abre 2-0 na final do Oeste:

Com atuação magnífica de Curry, Warriors reage, vence Portland de novo e abre 2-0 na final do Oeste:

por Nilton Castelo

Pra quem queria emoção na final do Oeste, aí está. Depois de ter sido derrotado pelo Golden State Warriors no jogo 1 por 116-94, o Portland Trail Blazers respondeu na noite desta quinta-feira em Oakland, jogou muito bem, mas no final a vitória ficou com os atuais campeões. Com atuação magnífica de Steph Curry (37 pontos, 8 assistências e 8 rebotes), o Warriors reagiu no segundo tempo, tirou uma desvantagem de 15 pontos no intervalo e venceu o rival por 114-111 para abrir 2-0 na final do Oeste. O jogo 3 será no Oregon, no sábado, às 22h (ESPN exibe).

Desde o começo o Golden State, que segue sem contar com Kevin Durant (fora das partidas 3 e 4 também), percebeu que o rival tinha outra postura. Mais agressivo na defesa e com jogo mais fluido no ataque, o Portland abriu 31-29 no primeiro período mesmo com Damian Lillard zerado (0/4 nos arremessos e parecendo sentir a pressão ainda do jogo 1). No segundo quarto, o que era superioridade virou domínio para o Blazers, que fez 34-21 marcando muitíssimo bem, rodando a bola com facilidade, os comandados de Terry Stotts (que ótimo técnico!) foram pro intervalo com 65-50 e deixando a Oracle Arena totalmente calada.

No terceiro período, o Warriors jogou como o Warriors que a gente bem conhece. Klay Thompson e Steph Curry acionaram o botão do turbo e aí todos sabem o que acontece, né?. Os Splash Brothers anotaram 28 dos 39 pontos do Warriors, que teve uma sequência de 13 pontos seguidos e um total de 39-24 para empatar a partida em 89 e deixar a decisão da partida aberta para o período derradeiro.

No último período, Damian Lillard comandou as ações no início, fazendo 8 pontos seguidos, liderou o Portland, que viu o ala-armador Seth Curry anotar 16 pontos em sua melhor partida em playoff, mas no final Curry colocou a bola embaixo do braço, anotou sete pontos, deu três assistências e viu o time inteiro jogar bem nos momentos decisivos. Com marcação pesada em cima de Lillard e CJ McCollum, o Warriors selou o triunfo com uma roubada de bola sensacional do excelente Andre Iguodala em cima de Damian Lillard nos segundos finais.

Com 2-0, fica bem difícil imaginar que os atuais tetracampeões do Oeste não estarão nas finais da NBA pelo quinto ano consecutivo, né? O Portland lutou, jogou bem, mas no final o Warriors mostrou muita força novamente.

0 Comentário(s)
2

Você pode gostar

Deixe um comentário