Home Esporte Cachorrão fica no empate diante do Barretos;

Cachorrão fica no empate diante do Barretos;

por Nilton Castelo

O EC São Bernardo esteve duas vezes à frente no placar, mas não conseguiu sair com a vitória no Estádio Fortaleza, nesta quinta-feira (28). A equipe empatou por 2 a 2 com o Barretos, subiu para 12 pontos na Série A-3 do Campeonato Paulista, mas não conseguiu entrar no G-8. Já adversário subiu para 13 pontos com o resultado.

A partida começou equilibrada, com as equipes criando possibilidades. O Barretos pressionava em cruzamentos, enquanto o Cachorrão não conseguia acertar o último passe. Porém, os lances de perigo vieram mesmo no segundo tempo, quando os treinadores mudaram algumas peças. Tanto é que o EC São Bernardo chegou ao gol com Léo Ribeiro, que havia acabado de entrar. Ele recebeu de Vinícius, cortou o goleiro Wendell e abriu o placar.

O Barretos partiu para cima e igualou. Após bate-rebate na área, a bola sobrou para João Henrique fuzilar: 1 a 1.

Depois disso o jogo ficou aberto e o Cachorrão voltou a ficar na frente com Jadson, outro que fez seu primeiro jogo pelo clube, ao converter pênalti sofrido por Baggio. No entanto, o árbitro assinalou penalidade polêmica no fim para o Barretos. Anderson Magrão aproveitou e definiu o placar: 2 a 2.

Após a partida, o técnico Oliveira aproveitou para destacar a dificuldade do jogo, mas sobretudo a entrega dos jogadores. “Sabíamos que seria um jogo difícil, o time deles dentro da proposta deles e a gente com a nossa. Ficamos na frente duas vezes, tentamos administrar, mas faz parte, é futebol. Temos que destacar a entrega, postura e comprometimento na partida. Se avaliar o resultado acho que merecíamos melhor sorte. Mas agora é pensar na sequência que temos na competição”, disse.

Ficha técnica:
Barretos: Wendell; Arthur, Carlão, Matheus Blade e Udson; Elias, Allan Mota (Yamada), André Luiz (Iran) e João Henrique; Marcos Nunes (Amoroso) e Anderson Magrão. Técnico: Ricardo Moraes.

EC São Bernardo: Wagner; Raphael, Marcus Vinícius, Diego Chiclete e Ricardinho (Alan); Dudu, Murilo é Vinícius; Renatinho (Léo Ribeiro), Baggio e Washington (Jadson). Tecnico: Oliveira.

Cartões vermelhos: Wagner; Udson

Créditos João Victor Romoli

0 Comentário(s)
2

Você pode gostar

Deixe um comentário