Home Esporte Atacante brasileiro William Cordeiro vive expectativa de que futebol na Albânia seja retomado no início de junho;

Atacante brasileiro William Cordeiro vive expectativa de que futebol na Albânia seja retomado no início de junho;

por Nilton Castelo

 

Ex-jogador do Figueirense, Oeste e Ferroviária elogiou providências tomadas pelo governo do país europeu no combate ao coronavírus

Com todas as competições nacionais de futebol da Albânia completando um mês de paralisação, devido à pandemia do novo coronavírus, os clubes do país já trabalham com a possibilidade de que a bola volte a rolar no início de junho. Atacante do Partizani, com sede na capital, Tirana, e atual campeão nacional, o brasileiro William Cordeiro recebeu a informação sobre essa perspectiva.

“A federação albanesa trabalha com a previsão do campeonato retornar na primeira semana de junho. Esperamos que tudo isso passe o mais rápido possível para que possamos voltar não apenas aos treinos e jogos, mas também a levar nossas vidas normalmente”, declarou o ex-jogador do Figueirense, Oeste de Barueri e Ferroviária de Araraquara, entre outras equipes do futebol brasileiro.

SAIR DE CASA SÓ UMA HORA POR DIA

William Cordeiro comentou também sobre sua rotina desde que foi decretada a quarentena no país. “Aqui na Albânia a situação está controlada, o governo agiu rápido. As restrições que temos e que só podemos sair com autorização. Mandamos um SMS para o número que o governo passou, para poder liberar as nossas saídas ao mercado ou farmácia. Mesmo assim somente podemos ficar fora de casa durante uma hora por dia. Eu só vou fazer comprar uma ou duas vezes por semana”, detalhou.

Enquanto isso, o atacante passa o tempo em casa mantendo contato com seus familiares e amigos pela internet, além de treinar diariamente sob a orientação da comissão técnica do Partizani.

“Sabemos que não é a mesma intensidade, mas para não perder tanto e facilitar quando voltarmos aos treinos, o clube passou uma programação. Todos os dias fazemos treinamento online com nosso preparador físico”, finalizou.

 

 

Créditos: Tática Assessoria

0 Comentário(s)
1

Você pode gostar

Deixe um comentário