Home Esporte XV vence a quarta no Paulistão A2, segue com 100% de aproveitamento e encerra o sábado na liderança da competição

XV vence a quarta no Paulistão A2, segue com 100% de aproveitamento e encerra o sábado na liderança da competição

por Marcelo Sá

(Foto: Michel Lambstein. Texto: Evandro Pelligrinotti / XV de Piracicaba)

O XV de Piracicaba continua com 100% de aproveitamento no Paulistão A2. Na tarde deste sábado, 13, o Nhô Quim, com gols dos atacantes Jean Dias e Juninho Potiguar, venceu a Portuguesa por 2 a 1 (o meio-campista Raphael Luz anotou o tento da equipe da capital paulista), no Estádio Municipal Barão da Serra Negra, e assumiu a liderança isolada da competição, com 12 pontos ganhos, restando mais quatro partidas para o término da quarta rodada.

O Alvinegro Piracicabano terá como seu próximo adversário o Água Santa, concorrente direto ao posto. O desafio será novamente em Piracicaba, porém, com a implementação da Fase Emergencial pelo Governo do Estado de São Paulo, devido ao agravamento do quadro epidemiológico no estado, causado pela Covid-19, o que inclui a proibição de jogos em todo o território paulista, ao menos até o dia 30 de março, a data ainda não está confirmada.

O jogo

Os visitantes chegaram pela primeira vez depois de cobrança de escanteio de Vinícius Silva, aos 13 minutos, que foi até Júnior Prego na segunda trave. O camisa 11 bateu para o gol, sem conseguir colocar muita força, e Matheus Nogueira encaixou, com tranquilidade. O XV abriu o placar aos 29 minutos. O lateral-esquerdo Ronaell cruzou de direita, na medida para Jean Dias cabecear na segunda trave: 1 a 0. A Portuguesa ainda tentaria na etapa inicial aos 43 minutos.

Raphael Luz recebeu pela direita, levou para dentro e finalizou de esquerda, a bola pegou na defesa quinzista e sobrou para Walfrido, que mandou por cima do gol. O técnico Moisés Egert, que já havia sido obrigado a efetuar uma alteração no primeiro tempo, colocando Baraka no lugar do contundido Felipe Manoel, voltou para a etapa final com Léo Duarte e Erison e as saídas de Ronaell, que recebeu cartão amarelo durante os 45 minutos iniciais, e Marlyson.

O atacante oriundo das categorias de formação do Nhô Quim, logo aos cinco minutos, após cobrança de escanteio de Mazinho, cabeceou para fora. No lance anterior, Jean Dias sentiu um problema físico e foi substituído por Guilherme Garré. Aos 13, Maykinho avançou pela esquerda, invadiu a área e arrematou na rede, pelo lado de fora. O segundo do Alvinegro Piracicabano começou em ótima arrancada do próprio Erison, aos 26, deixando dois marcadores para trás.

Ele tocou de lado para Juninho Potiguar, com categoria, de chapa, marcar. O time da capital paulista fez o seu gol depois que o árbitro marcou toque de mão de Cleiton Savedra dentro da área. Pênalti que Raphael Luz converteu, aos 40 minutos. Nos instantes finais, Maykinho ainda chutou cruzado, de dentro da área, e Matheus Nogueira defendeu. O XV se comportou bem defensivamente até o apito final do árbitro e somou mais três pontos na tabela de classificação.

 

Ficha técnica

 

Paulistão A2 – 1ª fase

4ª rodada

XV de Piracicaba 2×1 Portuguesa

Data – 13/03/2021

Horário – 17h00

Local – Estádio Municipal Barão da Serra Negra, Piracicaba

Árbitro – Kleber Canto dos Santos

Assistentes – Mauro André de Freitas e José Lucas Cândido de Souza

Quarto árbitro – Alester Clauli da Costa Tambelli

Avaliador de campo – Alexandre Luís Gonçalves

Gols – Jean Dias aos 29’ 1/T e Juninho Potiguar aos 26’ 2/T (XVP); e Raphael Luz aos 40‘ 2/T (POR)

Cartões amarelos – Ronaell, Adalberto, Matheus Nogueira e Moisés Egert (XVP); e Maykinho, Lucas Douglas e Raphael Luz (POR)

XV de Piracicaba – Matheus Nogueira; Cleiton Savedra, Renan Dutra, Adalberto e Ronaell (Léo Duarte); Felipe Manoel (Baraka), Gustavo Hebling e Mazinho (Maicon Souza); Juninho Potiguar, Jean Dias (Guilherme Garré) e Marlyson (Erison) Técnico: Moisés Egert

Portuguesa – Dheimison; Jefferson Feijão (Fernando Lombardi), Diego Jussani, Gilberto Alemão e Vinícius Silva; Caíque, Walfrido (Fabrício Rodrigues) e Fabrício; Júnior Prego (Maykinho), Misael (Raphael Luz) e Anderson Lessa (Lucas Douglas) Técnico: Fernando Marchiori

 

 

0 Comentário(s)
0

Você pode gostar

Deixe um comentário