Home Esporte Sub-15 avança à semifinal com 100% de aproveitamento na Copa Peixinho; Sub-20 realiza primeiro jogo-treino

Sub-15 avança à semifinal com 100% de aproveitamento na Copa Peixinho; Sub-20 realiza primeiro jogo-treino

por Nilton Castelo

A equipe Sub-15 do XV de Piracicaba venceu, na manhã do último sábado, 23, sua terceira partida pela Copa Peixinho e, desta forma, encerrou a primeira fase da competição com 100% de aproveitamento. No Clube Atlético Piracicabano, com gol de Enzo, o Nhô Quim bateu a EF Planeta Boleiros/ADM por 1 a 0. Foi o terceiro tento anotado pelo zagueiro no torneio. O Alvinegro aguarda as definições com relação às semifinais, que serão no próximo fim de semana.

Componentes do grupo A, ao lado do Flamengo de São Pedro e do Esporte Futuro/U Porto, os comandados de Rafael Vinícius triunfaram ainda em cima do Macrobyte Jardim Glória, por 3 a 1, e da EF Peixinho, por 3 a 0. Nesta etapa inicial do campeonato, os seis times foram divididos igualmente em duas chaves, que se enfrentaram em turno único. Os quatro melhores na classificação geral, sem levar em conta o grupo pertencente, garantiram suas vagas.

Sub-20

Em fase de preparação visando a Copa São Paulo Júnior, a equipe Sub-20 do XV de Piracicaba realizou, também na manhã do último sábado, no Estádio Municipal Barão da Serra Negra, em Piracicaba, seu primeiro dos sete jogos-treino agendados até o início da competição de base de maior visibilidade do país, que acontece, tradicionalmente, ao longo do mês de janeiro. O Nhô Quim enfrentou o Guarani e os visitantes levaram a melhor ao venceram por 3 a 1.

A primeira etapa da atividade durou 50 minutos, quando saíram todos os gols. O time de Campinas abriu o placar aos 18 minutos, o Alvinegro Piracicabano empatou aos 40, com o lateral-esquerdo Tiago, mas o rival fez mais dois logo em seguida, aos 44 e aos 47 minutos. Hian, Afonso e Emerson balançaram as redes quinzistas. O próximo desafio dos comandados de Denis Augusto será no outro sábado, dia 30, às 9h00, diante da Ferroviária, em Araraquara.

“Foi nossa primeira semana trabalhando a parte tática, depois de privilegiarmos a questão física no retorno das férias. Tivemos uma mudança com relação à nossa formação e isso requer um tempo de adaptação. Então, vi coisas positivas, como a recomposição rápida e a velocidade na frente. Como negativo ficaram os erros individuais, que ocasionaram os gols sofridos”, analisou Denis Augusto sobre a partida que contou ainda com mais dois tempos de 30 minutos.

Créditos: Evandro Pelligrinotti
Foto: Vitor `Prates
0 Comentário(s)
1

Você pode gostar

Deixe um comentário