Home Esporte São Paulo ganha na troca do ataque

São Paulo ganha na troca do ataque

por Nilton Castelo

Éder foi contratado, vindo do futebol chinês. Por lá, pouco se treina e o nível técnico é baixo. Foram três anos na Ásia e alguns gols, isso depois de uma temporada abaixo na Inter de Milão.

O São Paulo tinha Brenner, que sempre marcou seus tentos na base e foi destaque do time na temporada 2020. Dificilmente  alguém vai fazer tantos gols como ele nesse momento no clube. Mas, o alto valor e o problema econômico vivido pela agremiação, fizeram a venda ter que ser concretizada.

Restou Luciano (um achado de Fernando Diniz tanto no Tricolor paulista como no carioca). O atleta fez muitos gols na temporada passada, mas chama à atenção o bom momento vivido quando Diniz era o seu técnico. Havia tido uma temporada razoável em 2014, sob a batuta de Mano Menezes no Timão, mas nada se compara a passagem no Fluminense e no Tricolor.

Pablo é aposta e muitas vezes é cobrado pelo alto valor pelo qual foi adquirido. Torcedores costumam fazer muito essa cobrança. É um atleta que entrega de 10 a 15 gols na temporada. Parece pouco, mas é algo normal para o futebol do Brasil.

Agora, os então reservas Trellez e Carneiro, estão um degrau abaixo na prateleira de goleadores. O primeiro já é veterano e vive de mal com o gol. O segundo é jovem, tem apenas 25 anos e pouco jogou, acredito que ainda pode trilhar melhores caminhos e apreender muito.

Costumo sempre dizer da coletividade do jogo. Atacante não vive só de gols, como se fala muito por ai. Dentro de campo, Éder ajudará mais do que Trellez e Carneiro, mesmo vindo de uma liga fraca, embora houvesse opções melhor no mercado, como Diego Souza, que pasmem, era ativo do clube em 2018.

Se na lateral direita o clube perde com a saída de Juanfran, de quem se esperava mais, entretanto tinha uma bagagem fora do comum a nível Brasil e foi ´prejudicado´ pelo sistema de jogo, no ataque a melhora é considerável, mas não nos esqueçamos que o equilíbrio ainda é fundamental na armação de um time.

Blog do Gaion
0 Comentário(s)
1

Você pode gostar

Deixe um comentário