Home Esporte Paulistão A2 2021 terá início em 28 de fevereiro, com fórmula de disputa mantida

Paulistão A2 2021 terá início em 28 de fevereiro, com fórmula de disputa mantida

por Marcelo Sá

(Texto: Evandro Pelligrinotti / XV de Piracicaba. Foto Elcio Fabretti)

No formato de videoconferência, a Federação Paulista de Futebol realizou na manhã desta quarta-feira, 9, com os representantes dos clubes participantes, o Conselho Técnico do Paulistão A2 2021. Pelo XV de Piracicaba, acompanharam o encontro virtual, o presidente Rodolfo Geraldi e o executivo de futebol Ramon Bisson. A competição tem início marcado para 28 de fevereiro e a decisão agendada para 22 de maio, com a fórmula de disputa dos últimos anos mantida.

Os 16 postulantes ao título se enfrentam em 15 rodadas, em turno único, na primeira fase, classificando-se os oito melhores para a fase quartas de final, quando começa o sistema eliminatório, em confrontos de ida e volta, com a equipe de melhor campanha decidindo em casa, e o VAR – Árbitro Assistente de Vídeo – entra em ação. Os cruzamentos serão de acordo com os desempenhos de cada time: 1ºx8º, 2ºx7º, 3ºx6º e 4ºx5º.

Nas fases eliminatórias, ocorrendo igualdade na somatória dos dois placares, a definição irá para as cobranças de pênaltis. Os finalistas garantem o acesso à elite estadual, enquanto os dois últimos colocados serão rebaixados para o Paulistão A3 do ano seguinte. “A expectativa é de que possamos conquistar esse tão buscado acesso. O clube ficou perto disto nos últimos anos e esperamos que desta vez uma das vagas à Série A1 seja nossa”, comentou Geraldi, recém-eleito.

Uma alteração aprovada na reunião por videoconferência foi o uso concomitante de jogadores da lista B: serão permitidos até sete atletas oriundos das categorias de base em campo ao mesmo tempo (em 2020, cinco eram permitidos). A lista A continua com o máximo de 26 inscrições permitidas. Os jogadores só podem atuar por um clube da primeira divisão (Séries A1, A2 e A3) e os treinadores poderão dirigir apenas um time de cada divisão.

O que está mantido é o número de substituições permitidas ao longo dos 90 minutos: cinco em três atos. “Ainda estamos envolvidos na disputa da Copa Paulista e queremos muito este título, mas não deixamos de lado o nosso planejamento visando o retorno à elite. Todos sabem as dificuldades enfrentadas em um campeonato de alto nível como o Paulistão A2, porém o XV tem chegado forte e o trabalho tem sido árduo para que a meta do acesso seja batida”, disse Bisson.

 

0 Comentário(s)
0

Você pode gostar

Deixe um comentário