Home Falando com Deus O celeiro da sua vida é cheio pelo que você coloca nele”.

O celeiro da sua vida é cheio pelo que você coloca nele”.

por Sônia Alves

Deuteronômio 28.1-6

Profetizar é liberar uma sentença sobre uma circunstância. O projeto de Deus para Israel não era de morrerem no deserto. Só morreram porque não creram na promessa. O que dará forma à palavra liberada é a sua semeadura, sua fé e o quanto você trabalha.

A bênção é visível! O pastor não pode tirar uma maldição, mas pode orientar a como sair dela. O que você quer: conquistar, restituir ou restaurar? A dificuldade não está em apenas conquistarmos a bênção, mas em mantê-la. Temos uma tendência natural ao desperdício e, por isso, não conseguimos valorizar o que temos. As bênçãos podem ser conquistadas, mas ainda fica um sentimento que falta algo.

Um celeiro precisa ser adequado para cada necessidade, seja para o tipo de semente, ventilação adequada, forma e tempo de estocagem. Da mesma maneira, o celeiro da sua vida é cheio pelo que você coloca nele. O que tem depositado nos seus celeiros: palavras de bênção ou de maldição, palavras de agradecimento ou de murmuração? Será que está cheio de semente de contenda, ira, vingança e orgulho ou tem paz, alegria e gratidão?

Sua vida será determinada pela obediência que tiver. O livro de Apocalipse aponta para revelações do futuro, fala sobre o anticristo que fará muitos sinais e enganará os que aqui viverem, fazendo com que todas as pessoas recebam uma marca na testa e também na mão direita. Muitos cristãos gastam um tempo considerável na tentativa de descobrir como será essa marca, mas muito pouca atenção tem sido dada ao fato de como receberemos a marca de Deus, também mencionada em Apocalipse.

Vamos receber a marca de Deus com obediência. Comece agora mesmo o seu processo de escolha. Você opta por obedecer ou não obedecer, assim como pode escolher qual marca quer sobre a sua vida e qual semente multiplicará em você. Pode ser uma semente boa ou ruim. A decisão é sua.

“O celeiro da sua vida é cheio pelo que você coloca nele”.

0 Comentário(s)
2

Você pode gostar

Deixe um comentário