Home Esporte No dia em que completa 100 anos, Nacional empata com Votuporanguense:

No dia em que completa 100 anos, Nacional empata com Votuporanguense:

por Nilton Castelo

No dia em que completa 100 anos, Nacional empata com Votuporanguense

O Nacional fez 100 anos neste sábado, dia 16 de fevereiro de 2019, e visitou o Votuporanguense, no Estádio Plínio Marin, pela oitava rodada da Série A2 do Campeonato Paulista. O time da Barra Funda foi valente e teve boas oportunidades, mas empatou por 1 a 1 e não obteve o desejado triunfo longe de seus domínios. O primeiro gol da partida foi do meia e capitão nacionalino Emerson Mi, ainda na etapa inicial. Os mandantes empataram logo no início do segundo tempo, com Dudu.
Com o resultado, o Naça chegou aos oito pontos e se mantém momentaneamente na 10ª posição do torneio. Já o Votuporanguense continua sem vencer na competição, na 11ª colocação, com seis pontos ganhos.

O JOGO
Num primeiro tempo chuvoso em Votuporanga, o Nacional foi superior ao rival. Além de ir para o intervalo com a vantagem de 1 a 0, a equipe da Capital teve pelo menos duas ótimas chances de gol.
A primeira foi aos 5 minutos. Depois de o volante Bruno Sabino recuperar a bola no meio de campo, Emerson Mi deu um belo passe para Michael Thuíque. O atacante invadiu a área livre e finalizou com perigo para a boa defesa do goleiro Bruno Pianisolla. No rebote, Everton Tchê chutou, mas a zaga salvou em cima da linha.
O Votuporanguense chegava em alguns cruzamentos e arremates de longa distância. O goleiro nacionalino Maurício, bem postado, assim como restante da defesa do Naça, conseguia neutralizar as investidas dos mandantes.
Com a proposta de roubar a bola do adversário e sair rapidamente em contra-ataque, o Nacional chegou ao gol aos 34 minutos. Danilo Negueba recuperou quase no círculo central, arrancou com velocidade, tabelou com Michael Thuíque e cruzou na pequena área. Emerson Mi, livre, só teve o trabalho de completar e colocar o time da Barra Funda em vantagem.
Antes de acabar o primeiro tempo, o Naça desperdiçou uma oportunidade incrível. Novamente Emerson Mi levou vantagem sobre a defesa rival e finalizou com força no travessão do Votuporanguense. Michael Thuíque ficou com a sobra, cabeceou com precisão e Bruno Pianisolla se recuperou de forma espetacular para evitar o segundo gol dos visitantes.
Na volta do intervalo, o time da casa imprimiu um ritmo forte em busca do empate. O técnico Jorginho, do Naça, sacou Josué e colocou Lucas Lino, enquanto o treinador Alberto Félix trocou Léo Aquino por Léo Santos. Aos 3 minutos, após uma blitz e uma defesa sensacional de Maurício, Dudu emendou um belo chute da entrada da área e acertou o ângulo. 1 a 1.
Depois de igualar o marcador, o Votuporanguense ameaçou a exercer uma pressão, mas o Nacional soube controlar o ímpeto do adversário e ainda conseguiu assustar em algumas descidas rápidas ao ataque.
Jorginho queimou as duas substituições restantes ao promover as entradas de Patrick e Ortigoza nas vagas de Michael Thuíque e Emerson Mi, respectivamente. Até os minutos finais, os visitantes tentaram o gol da vitória, mas o placar não foi mais alterado.
Na próxima rodada, sábado (23/02), às 15h00, o Naça recebe o Atibaia. Já o Votuporanguense enfrenta o Água Santa, em casa.


Votuporanguense 1 x 1 Nacional
Oitava rodada da Série A2 do Campeonato Paulista
Data: 16/02/2019 (sábado)
Horário: 16h00
Local: Estádio Plínio Marin – Votuporanga (SP)
Árbitro: Alessandro Darcie
Assistentes: Rafael Tadeu Alves De Souza e Luis Felipe Prado Silva
Gols: Emerson Mi (Nacional) e Dudu (Votuporanguense)
Cartões amarelos: Ricardinho e Luis Guilherme (Votuporanguense); Emerson Mi, Bruno Sabino e Caio Mendes (Nacional)
Público: 609 pagantes
Renda: R$ 11.670,00
Votuporanguense: Bruno Pianisolla; Dudu, Paulo Henrique, Bruno Justi e Danilo Belão; Alison, Erick Salles (Luís Guilherme), Ricardinho e Léo Aquino (Léo Santos); Alison Mira e Wesley Natã (Bruno Baio).
Técnico: Alberto Félix

Nacional
Maurício; Danilo Negueba, Jeferson, Gabriel Santos e Caio Mendes;
Bruno Sabino, Éverton Tchê e Emerson Mi (Ortigoza); Josué (Lucas Lino), Michael Tuíque (Patrick) e Matheus Lú.
Técnico: Jorginho


Créditos:Cristina Struts

0 Comentário(s)
0

Você pode gostar

Deixe um comentário