Home Esporte JÁ CLASSIFICADO ÀS QUARTAS, RIO CLARO BATE O XV DE PIRACICABA E ASSUME A VICE-LIDERANÇA DA SÉRIE A2;

JÁ CLASSIFICADO ÀS QUARTAS, RIO CLARO BATE O XV DE PIRACICABA E ASSUME A VICE-LIDERANÇA DA SÉRIE A2;

por Nilton Castelo

GALO AZUL VENCEU O NHÔ QUIM PELO PLACAR MÍNIMO EM UM JOGO REPLETO DE CARTÕES E TRÊS EXPULSÕES ;

Pela 14ª rodada da Série A2 do Campeonato Paulista de 2019, o Rio Claro F.C. recebeu o XV de Piracicaba na noite deste domingo, 24/03, no Estádio Dr. Augusto Schmidt Filho, em Rio Claro. A partida teve início às 19h e o Galo Azul bateu o Nhô Quim pelo placar mínimo.

PRIMEIRO TEMPO

Aos 5 minutos, os visitantes tiveram escanteio pelo lado esquerdo do ataque. Danilo Bueno bateu de perna direita e a bola saiu muito fechada, encontrando o travessão do goleiro Vinícius Nigre, do Rio Claro. O XV quase abriu o placar com um gol olímpico.

A partida seguiu muito disputada e sem grandes chances de gol. A briga era intensa pelo domínio das ações no meio de campo e, apesar das poucas ocasiões claras, os piracicabanos demonstravam estar melhor no jogo. O atacante Mizael, do XV, arriscou chute de fora da área aos 29 minutos, mas não levou tanto perigo à meta rioclarista.

3 minutos após a finalização errada, o mesmo Mizael recebeu na grande área com plenas condições de marcar, mas o zagueiro Salustiano, do Rio Claro, deu um carrinho preciso e bloqueou o chute do atacante do XV de Piracicaba, jogando a pelota para escanteio.

O Galo Azul sofreu durante a primeira etapa e teve que fazer duas alterações por conta de lesões. O lateral esquerdo Jussandro sentiu depois de uma dividida e foi substituído por Sapeca. Logo após a primeira mudança, Adilson Teodoro foi obrigado a mexer de novo no Rio Claro. Desta vez, foi embora o zagueiro Diego, com uma entorse no joelho, para a vinda de Orlando.

O meio-campista Bruno Formigoni, do Azulão, fez mais uma ótima partida. Durante o primeiro tempo, Formigoni não perdeu uma bola quando ficou no mano a mano com os atacantes do XV. Em todas as ocasiões, Bruno desarmou com muita precisão os adversários.

Aos 40 minutos, Lucas Santos fez boa jogada pela direita e cruzou para Sapeca. O atacante rioclarista cabeceou em cima da marcação e no rebote bateu de direita pelo alto do gol defendido por Fábio, do Nhô Quim. No minuto seguinte, Franco, meia do Rio Claro, arriscou de fora da área e mandou por cima do gol do XV.

No fim da etapa inicial, aos 44 minutos, Orlando perdeu a bola para Fraga, que avançou carregando a redonda e bateu forte de destra. Vinícius Nigre, goleirão do Rio Claro, fez uma boa defesa e afastou o perigo de perto da meta do Azulão. Vinícius jogou no lugar do suspenso Murilo Prates e fez uma partida muito segura.

SEGUNDO TEMPO

A etapa final começou tal qual a primeira, com o XV buscando o ataque. Logo aos 2 minutos, André Cunha fez bela jogada pela direita e cruzou para Ronaldo, que bateu de primeira, com a destra, levando muito perigo ao gol defendido por Vinícius Nigre.

Aos 5 minutos, gol do Azulão! Após cobrança de falta de Franco, Toninho dominou na grande área, cruzou rasteiro, a bola passou pela zaga e pelo goleiro do XV, sobrando limpa para Lucas Santos mandar de letra pro fundo do gol, com muita categoria. Rio Claro 1 a 0.

Depois de inaugurar o marcador, o Galo Azul teve mais uma chance. Aos 7 minutos, Nathan arriscou de canhota de fora da área, mas Fábio, goleirão do XV, encaixou sem maiores problemas. Aos 15 minutos, o autor do gol rioclarista, Lucas Santos, bateu de direita da intermediária, mas pegou mal na redonda e jogou por cima do gol.

Os piracicabanos, que à esta altura se viam perdendo a segunda colocação para os rio-clarenses, começaram a pressionar em busca do gol de empate. Aos 25 minutos, houve uma forte batida de fora da área por parte do Nhô Quim, o goleiro Vinícius Nigre espalmou para frente e dividiu com Ronaldo, centroavante do XV, ficando com pelota.

No entanto, durante a dividida, Ronaldo acabou acertando o goleiro rioclarista e uma grande confusão começou, com jogadores de ambos os lados discutindo e reclamando com o árbitro. O saldo desta briga foi dois cartões amarelos para cada lado e um vermelho para Lucas Santos, que havia feito o gol do Rio Claro.

A partida se reiniciou e o XV de Piracicaba, agora com um jogador a mais, seguiu pressionando o Rio Claro. Contudo, os visitantes atacavam de um modo pouco organizado e pareciam distantes do gol de empate. Os donos da casa defendiam bem o resultado construído no início do segundo tempo.

Aos 45 minutos, quase o Nhô Quim chega ao tento de empate. Após cruzamento vindo da esquerda, Formiga aproveitou e testou da entrada da pequena área à queima roupa, mas esbarrou em uma grande defesa do goleiro Vinícius Nigre, que salvou o Azulão.

Ainda deu tempo para mais uma expulsão. Danilo Bueno, do XV, foi pro chuveiro depois de dar uma joelhada na cabeça de Formigoni, abrindo o supercílio do meia rioclarista. O jogo terminou com vitória do Rio Claro por 1 a 0. Com este resultado, o Galo Azul vai a 27 pontos e toma a vice-liderança do XV, que permanece com 24 pontos e cai para a terceira colocação. O Rio Claro chega à última rodada da fase de classificação com a possibilidade de assumir a liderança da competição.

PRÓXIMOS JOGOS

Pela 15ª rodada da Série A2 do Paulista, o Rio Claro viaja para Sertãozinho para encarar o Sertãozinho no próximo sábado, dia 30/03, no Frederico Dalmazo, às 15h. O XV de Piracicaba recebe no mesmo dia e horário a equipe do Atibaia, no Barão da Serra Negra.

FICHA TÉCNICA

RIO CLARO 1 x 0 XV DE PIRACICABA
LOCAL: Schmidtão, Rio Claro.
ÁRBITRO: Rodrigo Gomes Paes Domingos.
GOL: Lucas Santos, aos 5 minutos do segundo tempo.
CARTÕES AMARELOS: Toninho, Roger Bernardo e Salustiano (Rio Claro). Fraga, Ronaldo, Gilberto Alemão e Danilo Bueno (XV de Piracicaba).
EXPULSÕES: Lucas Santos (Rio Claro). Gilberto Alemão e Danilo Bueno (XV de Piracicaba).

RIO CLARO: Vinícius Nigre; Toninho, Salustiano, Diego Augusto (Orlando) e Jussandro (Gustavo Sapeka); Roger Bernardo, Bruno Formigoni, Franco e Daniel Carvalho; Nathan (Gabriel Silva) e Lucas Santos. TÉCNICO: Adílson Teodoro.

XV DE PIRACICABA: Fábio; André Cunha, Douglas Marques, Gilberto Alemão e Marcel; Fraga (Cassinho), Walfrido e Danilo Bueno; Kadu Barone (Andrei), Mizael (Lucas Formiga) e Ronaldo. TÉCNICO: Tarcísio Pugliese

Créditos Renan Riggo

Foto Evandro Pelligrinotti

0 Comentário(s)
1

Você pode gostar

Deixe um comentário