Home Esporte Focado no mata-mata, Copetti deseja conduzir Guarany para elite gaúcha depois de 12 anos

Focado no mata-mata, Copetti deseja conduzir Guarany para elite gaúcha depois de 12 anos

por Nilton Castelo

Equipe de Bagé inicia participação na fase de quartas de final da Série A2 neste final de semana diante do Brasil de Farroupilha

Dono da melhor campanha na etapa classificatória, o Guarany chega forte para o início do mata-mata da Divisão de Acesso. Nova etapa da competição em que o time de Bagé irá enfrentar o Brasil de Farroupilha para manter vivo o sonho de retornar à elite do futebol gaúcho.

O Alvirrubro não disputa a principal divisão do Rio Grande do Sul desde 2008. Fato que invés de amedrontar encoraja o atual elenco, como explica um dos destaques da equipe, o goleiro Copetti.

“É uma responsabilidade muito grande (conquistar o acesso), pois o Guarany é um grande clube do interior gaúcho, com dois títulos estaduais, e está alguns anos fora da elite. Sabemos da responsabilidade, do peso que essa camisa possui e, por isso, queremos ver o Guarany novamente na primeira divisão”, explicou.

O primeiro dos dois duelos da fase de quartas de final acontece neste domingo (24), na casa do Brasil de Farroupilha. Acostumado com esse tipo de decisão, Copetti ressalta como está o foco da equipe de Bagé para encarar este confronto inicial.

“Acredito que chegamos fortes, fizemos uma grande primeira fase, no entanto, sabemos que agora é outro campeonato. Estamos confiantes, mesmo sabendo que o Brasil de Farroupilha é uma equipe qualificada. Então serão dois jogos decididos nos detalhes”, projetou o jogador.

Depois do duelo deste sábado, Guarany e Brasil voltam a se enfrentar em Bagé na próxima semana. Ainda sem data definida para este próximo embate, porém com a presença do público garantida.

Crédito das fotos: Vinicius Schubert
Futpress
0 Comentário(s)
0

Você pode gostar

Deixe um comentário