Home Esporte Erison celebra gol que ajudou na classificação e bom momento, às vésperas das quartas de final

Erison celebra gol que ajudou na classificação e bom momento, às vésperas das quartas de final

por Marcelo Sá
(Texto: Evandro Pelligrinotti / XV de Piracicaba. Foto: Michel Lambstein)

O XV de Piracicaba voltou pressionado para o segundo tempo da partida do último domingo, 30, diante do Penapolense, no Barão da Serra Negra. Com um gol sofrido no último lance da primeira etapa, o Nhô Quim necessitava da virada no placar, além de que um de três resultados necessários da rodada lhe favorecesse para continuar vivo no Paulistão A2. A reviravolta começou no pé esquerdo de um atacante revelado nas categorias de formação do clube.

Logo aos 17 minutos, Erison, uma das novidades promovidas pelo técnico Evaristo Piza no intervalo, invadiu a área e recolocou o Alvinegro Piracicabano no páreo. “A sensação foi ótima. Eu acho que o grupo merecia essa classificação, pelo o que vinha fazendo ao longo das semanas. Nós colocamos na cabeça que tínhamos que fazer o resultado aqui, para conquistarmos a vaga, e acredito que chegaremos ainda mais fortes nesta nova fase da competição”, lembrou Erison.

O centroavante Caio Mancha, apenas três minutos depois, fez de cabeça o segundo gol quinzista e não só um, mas os três resultados da rodada foram interessantes para os comandados de Evaristo Piza, que, desta forma, terminaram a primeira fase do torneio na sexta colocação, com 23 pontos ganhos. O adversário nas quartas de final será a Portuguesa, com o embate inicial agendado para a próxima segunda-feira, às 17h30, no Barão da Serra Negra, em Piracicaba (o segundo está marcado para a outra segunda-feira, dia 14, às 17h00, no Canindé, em São Paulo).

“Nós temos uma semana cheia para corrigirmos nossos erros, aquilo que estamos fazendo no dia a dia, para, quando chegar a partida, estarmos preparados”, falou Erison, autor de três gols no estadual. “Eu venho em uma fase boa, estou trabalhando para isso, com os pés no chão sempre. Imagino que teremos dois jogos muito difíceis, porém sei da qualidade do nosso grupo. Vamos com o pensamento de fazer valer o fator casa nessa primeira partida”, analisou.

Para concluir, o atacante enfatizou a importância do elenco todo. “Eu sempre estou preparado para, quando entrar, dar meu máximo e, se possível, fazer a diferença. Muitos treinadores já me passaram isso, que no momento que surge a oportunidade, você tem que fazer valer, e não somente entrar por entrar. Mesmo no banco, é necessário estar focado e atento para contribuir com o time, como foi no último domingo”, comentou o jovem atleta de 21 anos.

0 Comentário(s)
1

Você pode gostar

Deixe um comentário