Home Esporte Em busca do primeiro gol com a camisa do XV, Luizinho admite ansiedade. “Não pode transformar em nervosismo”.

Em busca do primeiro gol com a camisa do XV, Luizinho admite ansiedade. “Não pode transformar em nervosismo”.

por Marcelo Sá

(Foto: Vitor Prates)

Invicto há dez partidas, o XV de Piracicaba completou quatro meses sem derrota. O último tropeço aconteceu no dia 30 de março, no estádio Barão da Serra Negra, pela última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista da Série A2. Na ocasião o Nhô Quim sofreu o revés por 1×0 para o Atibaia. Procurando aumentar ainda mais a marca e precisando da vitória para garantir matematicamente a classificação para a segunda fase da Copa Paulista, o time piracicabano encara o Rio Claro, no próximo domingo (4), às 10h, no estádio Augusto Schimidt Filho, em Rio Claro.

“Teremos outro confronto muito difícil, diante de um time de qualidade, mas estamos tranquilos e encarando essa preparação com seriedade, para obtermos um bom resultado”, disse o atacante Luizinho. Contra o Galo Azul, o Alvinegro não poderá contar com o atacante Raphael Macena, artilheiro da equipe com quatro gols marcados. O atleta terá que cumprir suspensão automática devido ao terceiro cartão amarelo recebido diante da Inter de Limeira. Com nove gols marcados, o XV de Piracicaba tem o segundo melhor ataque da Copa Paulista, atrás apenas do São Caetano, com 12 gols.

Ainda sem balançar as redes com a camisa do time piracicabano, Luizinho não esconde a ansiedade em busca do primeiro gol. “Há uma ansiedade, que, por outro lado, não pode se transformar em nervosismo. Tive bons lances em que os goleiros adversários fizeram boas defesas. O importante é que a equipe está bem, tenho dado assistências e estou tranquilo. Não adiantaria nada se eu tivesse vários gols no campeonato e o XV estivesse mal na competição”, concluiu o atacante.

0 Comentário(s)
1

Você pode gostar

Deixe um comentário