Home Diversos De olho no jogo diante do Tubarão, Luiz Gabardo prega foco total em recuperação na Série D;

De olho no jogo diante do Tubarão, Luiz Gabardo prega foco total em recuperação na Série D;

por Nilton Castelo
Treinador destacou necessidade do São Caetano encarar os próximos jogos como verdadeiras decisões
(13 de maio de 2019) – Ainda em busca da primeira vitória, depois de duas rodadas disputadas na Série D do Campeonato Brasileiro, cada partida que falta para o São Caetano pelo Grupo A16 se tornou decisiva.
Por isso, o técnico Luiz Gabardo pregou foco total nos próximos compromissos visando a recuperação do Pequeno Gigante.
“Vacilamos nas duas primeiras rodadas, então todo jogo agora passa a ser decisivo. Se perdemos em casa para o Tubarão, praticamente estamos fora da disputa pela classificação. Não podemos errar, o nível de concentração precisa aumentar. Precisamos fazer uma semana muito boa de trabalhos para encarar essas próximas decisões”, analisou o treinador.
O confronto seguinte do Azulão na Série D do Campeonato Brasileiro será contra o Tubarão. Jogo que acontece neste sábado (18), às 16h, no Anacleto Campanella.
Página virada
Com foco total na disputa da quarta divisão do nacional, Luiz Gabardo ainda fez questão de enaltecer a confiança depositada em seu elenco. Ao comandar um grupo bastante diferente em relação ao que participou da elite paulista, o treinador destacou que o São Caetano possui muito ainda para apresentar neste brasileiro.
“Acredito que os nossos jogadores pouco mais experientes conseguem assimilar bem essa situação (mudança de competição). Mudou o campeonato, mudou o treinador, assim como o grupo passou por reformulação também. A gente sabe das dificuldades, pois o São Caetano há muito tempo não participava de um campeonato nacional. Sendo assim, precisamos tentar tranquilizar os meninos para fazer nos jogos aquilo que está sendo treinado”, explicou Gabardo.
O Azulão havia participado pela última vez da Série D do Campeonato Brasileiro em 2015. Ano em que chegou às quartas de final da disputa, quando foi eliminado pelo Botafogo de Ribeirão Preto.
Foto: Fabrício Cortinove
0 Comentário(s)
1

Você pode gostar

Deixe um comentário