Home Esporte Cássio Gabriel comemora gol e assistência na última rodada e agradece apoio do elenco;

Cássio Gabriel comemora gol e assistência na última rodada e agradece apoio do elenco;

por Nilton Castelo
Artilheiro do XV de Piracicaba na edição de 2018 da Copa Paulista, com quatro gols marcados, o meio-campista Cássio Gabriel não começou o campeonato deste ano da forma que gostaria. Segundo o próprio jogador, as suas atuações fizeram com que ele perdesse espaço entre os escalados pelo técnico Tarcísio Pugliese para iniciarem os jogos, o que foi reconquistado nas últimas rodadas da primeira fase, etapa em que o Nhô Quim terminou com 21 pontos somados.
Camisa dez no triunfo sobre o Noroeste, na tarde do último sábado, 24, no Estádio Municipal Barão da Serra Negra, em Piracicaba, o atleta foi fundamental, abrindo o placar e dando a assistência para o atacante Erick Salles marcar o segundo, na vitória por 2 a 1, que fez com que o Alvinegro Piracicabano mantivesse a liderança do grupo 2 sem depender de outro resultado. Os méritos, entretanto, foram compartilhados pelo meio-campista, que analisa sua trajetória.
“Eu penso que cresci muito durante a competição. Creio que não comecei bem, mesmo estando como titular durante as rodadas iniciais. Isso fez com que eu deixasse essa condição. Nessas duas últimas partidas, felizmente, eu voltei bem, mais confiante e isso não é mérito só do Tarcísio, do Ivo (Secchi, auxiliar-técnico), mas de todo grupo, que me apoiou enquanto estive fora e me deu força para retornar mais forte”, reconheceu e agradeceu Cássio Gabriel.
A segunda fase começa para os comandados de Pugliese às 19h00 do próximo domingo, 1, diante do Mirassol, no Estádio Municipal José Maria de Campos Maia, casa do adversário. O confronto é válido pelo grupo 6, que conta ainda com Água Santa e Nacional, o que, na visão do jogador quinzista trará bastante dificuldades para que o XV conquiste uma das duas vagas para a terceira fase, que contará novamente com chaves com quatro componentes cada.
“Cada ponto é decisivo. Ano passado também caímos em um grupo difícil nessa fase (com Novorizontino, Taubaté, que avançaram, e Ituano) e desta vez não foi diferente. Cada gol poderá definir a classificação, pois são quatro equipes em uma chave equilibrada, com um período curto entre uma rodada e outra. Desta forma, precisamos começar com tudo, para não corrermos riscos mais à frente. É necessário evoluir sempre”, concluiu Cássio Gabriel.
Créditos:Evandro Pelligrinotti
0 Comentário(s)
2

Você pode gostar

Deixe um comentário