Home Falando com Deus BATISMO NAS ÁGUAS,DECIDI MERGULHAR EM UMA NOVA VIDA!!!

BATISMO NAS ÁGUAS,DECIDI MERGULHAR EM UMA NOVA VIDA!!!

por Sônia Alves
O batismo cristão deve ser algo muito importante, é o meio pelo qual uma pessoa faz uma confissão pública de fé e discipulado, o Cristão não pode deixar de vivencia-lo. Nas águas do batismo, uma pessoa diz, sem usar palavras: “confesso a minha fé em Cristo; Jesus limpou a minha alma do pecado, e agora tenho uma nova vida de santificação.”
“Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a obedecer a tudo o que eu lhes ordenei. E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos”. (Mateus 28:19,20)
Precisamos entender a necessidade do batismo nas águas por imersão, pois queremos nascer de novo, verdadeiramente, no nome da Divindade Eterna, para cumprir a ordem de Cristo.
“Portanto, que todo Israel fique certo disto: Este Jesus, a quem vocês crucificaram, Deus o fez Senhor e Cristo”. Quando ouviram isso, os seus corações ficaram aflitos, e eles perguntaram a Pedro e aos outros apóstolos: “Irmãos, que faremos? “Pedro respondeu: “Arrependam-se, e cada um de vocês seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos seus pecados, e receberão o dom do Espírito Santo. Pois a promessa é para vocês, para os seus filhos e para todos os que estão longe, para todos quantos o Senhor, o nosso Deus chamar”. (Atos 2:36-39)
O início do batismo por imersão se deu assim, depois de 400 anos sem um profeta oficial, o Senhor convoca João para ser sua voz e anunciar a vinda do Messias. O conteúdo essencial de sua mensagem era: “Arrependam-se”. Apesar de não realizar nenhum milagre atraiu uma multidão que vinha para ser batizado por ele.
João Batista e os pastores de hoje lideram um movimento de volta para Deus, pois existe esperança no julgamento que há de vir, para isso os batizados precisam produzir frutos que mostre arrependimento, para tanto precisam dar sinais de mudança.
Cristo é nosso maior exemplo de conduta, e devemos seguir seus passos. Seu batismo era um passo necessário para cumprir todos os justos propósitos de Deus, e não deve ser diferente conosco. Embora não precisando de arrepender-se e não tendo pecado para confessar, Jesus, pelo ato de submeter-se ao batismo, ocupou o lugar do pecado, ação que seria repetida e completada na cruz do calvário.
0 Comentário(s)
1

Você pode gostar

Deixe um comentário